Home / World / Photography / De Bariloche a lago Epecuén.

De Bariloche a lago Epecuén.

 

23e 24º dia – De Bariloche a Epecuén e uma grata surpresa.

 

 

Hoje o dia foi de cair na estrada, adios Bariloche.

 

Saímos de manhã de Bariloche e demos umas voltas pela cidade, passamos no mercado e nos abastecemos para enfrentar o pampa Argentino que virá na sequência, abastecemos e pra nossa surpresa a gasolina custava 11,09 pesos argentinos, algo em torno de R$ 3,10.

Na estrada fomos acompanhados por um rio maravilhoso de águas azuis, muito transparente e o azul claro muito lindo.

Bariloche
Rio em Bariloche

Bariloche

Rio no posto de combustivel

Em um determinado ponto paramos nem m recuo grande para apreciar o rio. Ali haviam dois caminhões parados, ambos brasileiros, um do Rio Grande do Sul e o outro do Paraná.

Conversamos com o motorista do caminhão do Paraná o Sr. Luiz Carlos  que estava de aniversário naquele dia, lhe desejamos um feliz aniversário, demos de presente um de nossos chocolates e seguimos viagem.

Luis caminhoneiro Paraná
Luis

Dirigimos até General Rocas e ficamos num camping dentro de um clube. Este clube havia sido indicado por um Argentino no camping de Bariloche.

Acordamos cedo (07:30) no outro dia. Caímos na estrada afinal este dia nos exigiria rodar 800Km para atingir o Lago Epecuén.

Rodamos muito, o GPS nos sacaneou nos orientando a desviar por uma cidade. Fizemos voltas e saímos quase no mesmo lugar, resumindo perdemos mais de 01 hora por conta do GPS.

Seguimos em frente pelo pampa Argentino e conforme avançávamos íamos tendo uma triste constatação….a gasolina. Ela tem um valor menor apenas na região sul. Quanto mais nos afastávamos do sul maior o valor do combustível chegando a 15,30 Pesos (R$ 4,20) em Carhué.

Chegamos a Carhué próximo das 19:00 mas ainda deu tempo de apreciar o Lago Epecuén e sua “cidade fantasma”.

Epecuén
Torre em Lago Epecuén

Devido à sua alta concentração de sal, a lagoa é 10 vezes mais salina que o mar. Os banhos são usados como fonte medicinal, vários hotéis pela cidade oferecem “termas medicinais”.

A cidade teve muito movimento durante 60 anos sem qualquer variação da altura do lago. Em 1985 as águas começaram a subir, o governante mandou fazer estruturas de contenção e, segundo os moradores, foram mal feitas e não suportaram a pressão da água. Aconteceu o alagamento da Vila de Epecuén, todos os moradores ficaram sem casa pois o lago subiu 10 metros até 1993.

O lago agora recuou e devolveu a vila que não pode ser recuperada, por óbvio.

Epecuen
Um dos poucos postes que restaram de pé

A visita é muito marcante, muitas vidas foram arrasadas ali, muitas famílias perderam tudo. Hoje o local é turístico e marcante, conseguiram montar até uma praia “autossustentável”.

Lago
Lago
Epecuen
Avenida principal da Vila Epecuen
Epecuen
Fim de tarde no lago

A cidade de Carhué, a quem pertence o lago e a vila de Epecuén, é uma cidade muito organizada, tranquila, gente jovem, bonita, educadas. O trânsito flui de forma lenta 20 ou 30Km/h, é a velocidade que todos andam inclusive no centro.

Um fator que nos chamou a atenção foi que no centro da cidade, em direção ao lago, existem dois terrenos grandes. Cada um de um lado da avenida principal, nestes terrenos está escrito nas placas “camping municipal” para as pessoas passarem o dia ali.

Tudo muito organizado numerados e limpos, não se pode acampar mas há mesas e churrasqueiras (parrillas) para que cada um faça seu “assado”. Contamos aproximadamente 50 locais destes, e em pleno sábado à noite estavam sendo usados ao menos 20 e as pessoas felizes da vida.

Neste dia não procuramos camping e sim um hotel acessível para ficar pois minha parceira da viagem estava doente. Então nada melhor que um hotel para relaxar.

Saímos para jantar e nos apaixonamos pela cidade. Haviam dois grandes eventos ali, um casamento e o cinema na praça, ambos com uma multidão assistindo.

Comemos um bom Chorizo e rodamos um pouco mais por ali e terminamos nosso dia.

Salvar

Salvar

Check Also

De Ensenada à Puerto Octay, Frutillar e Entre lagos.

  Hoje o dia foi tranquilo, saímos de Ensenada em direção a Puerto Octay e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *